Justiça em Foco

Desembargador Guilherme Couto de Castro autoriza prosseguimento de licenciamento ambiental de porto em Maricá

Poder Judiciário

Sexta-Feira, Dia 19 de Maio de 2017

O vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), desembargador Guilherme Couto de Castro, derrubou a liminar que interrompeu o processo de licenciamento ambiental para as obras de instalação dos Terminais Ponta Negra (TPN), no município de Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro. A decisão atendeu a pedido da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) do Rio de Janeiro.
A 3ª Vara Federal de Niterói havia acatado pedido de liminar para suspender a obra em ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal com pedido de tombamento judicial das formações rochosas, conhecidas como beachrocks, localizadas na Praia de Jaconé, entre os municípios de Maricá e Saquarema.
Na petição encaminhada ao TRF2, a Procuradoria do estado argumentou que a interrupção causa “grande impacto à ordem pública, econômica e social do estado do Rio de Janeiro”, pela paralisação de empreendimento com investimentos privados previstos em R$ 5,4 bilhões, com geração de 10,4 mil empregos formais e estimativa de arrecadação de R$ 489 milhões em tributos.
Segundo a PGE, o TPN será o maior terminal de granéis líquidos do Hemisfério Sul e permitirá a absorção de cargas que não poderão ser destinadas pelos terminais da Baía de Guanabara e de Angra dos Reis, com baixo custo de operação e maior segurança logística para as refinarias de petróleo do Rio de Janeiro e de Minas Gerais.
Risco ambiental
A construção do terminal é criticada por ambientalistas, preocupados com os impactos sobre o local, ainda preservado, tanto no mar quanto em terra. Segundo eles, a região é um patrimônio natural e histórico, tendo inclusive recebido a visita do naturalista britânico Charles Darwin, em 1832. Especialistas alegam que o TPN vai causar a destruição de 240 hectares de mata atlântica e temem que o empreendimento prejudique a pesca artesanal na região.

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com Ag. Brasil.
Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro


Poder Judiciário


Indique a um amigo
Imprimir notícia 
Últimas Notícias

Outras Notícias Clique Aqui