Justiça em Foco

Egito estende estado de emergência até dezembro

Mais Notícias

Sexta-Feira, Dia 13 de Outubro de 2017

O presidente do Egito, Abdel Fatah al Sisi, assinou um decreto para estender até dezembro o estado de emergência no país, imposto pela primeira vez em abril devido a atentados terroristas contra cristãos. 

O novo período de três meses entrará em vigor a partir de amanhã, sexta-feira (13), segundo o decreto publicado no diário oficial, dois dias após expirar o período decretado em abril e renovado em julho.

A Constituição egípcia limita a aplicação do estado de emergência a seis meses consecutivos, uma restrição introduzida depois de ter sido aplicada de forma contínua entre 1981 e 2012,  após a queda do presidente Hosni Mubarak.

A lei de emergência permite julgamentos rápidos, concede imunidade à polícia e autoriza o estabelecimento de um toque de recolher e detenções sem ordem judicial.

Sisi anunciou o estado de emergência no país no dia 9 de abril, após os atentados contra duas igrejas no Norte do Egito, nos quais 44 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas.


Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com EBC e da Ag. EFE.
Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro


Mais Notícias


Indique a um amigo
Imprimir notícia 
Últimas Notícias

Outras Notícias Clique Aqui