Justiça em Foco

TST sedia debate internacional sobre uso da inteligência artificial para agilizar a Justiça

Eventos e Cursos

Segunda-Feira, Dia 16 de Outubro de 2017

- Especialistas de nove países discutirão problemas como excesso de processos e morosidade. - 

O Tribunal Superior do Trabalho receberá, em novembro, um debate sobre o uso de tecnologias que poderão, em médio prazo, retirar o Brasil do pódio dos países com maior acúmulo de processos judiciais. O I Congresso Internacional de Direito e Tecnologia reunirá, nos dias 23 e 24 de novembro, mais de 30 especialistas de nove países para investigar e debater a inteligência artificial no Direito e o uso de blockchain, cujas aplicações têm enorme impacto e o potencial de transformar a área jurídica nacional.

Segundo os organizadores, o evento nasceu da necessidade de reunir instituições e profissionais que estão desenvolvendo e aplicando inteligência artificial no Direito, e atualizar aqueles que ainda não tomaram contato com a nova realidade processual. “Este é um caminho sem volta, e nosso país necessita muito da tecnologia para dar vazão às demandas da sociedade”, afirma Ricardo Fernandes, coordenador científico do Congresso e um dos professores do Grupo de Pesquisa & Desenvolvimento em Direito e Tecnologia da UnB - DireitoTec/UnB. “Para se ter uma ideia, só nos processos tributários, 80% do volume diz respeito a ações de baixa complexidade e baixo valor pecuniário, mas com muitos trâmites burocráticos, que podem ser incrivelmente agilizados com softwares que ‘aprendem’ a ler decisões ou petições, por exemplo, para classificar aquele tipo de ação e dar prosseguimento na tramitação”.

Entre os convidados, destacam-se Mireille Hildebrandt, da Vrije Universiteit de Bruxelas (Bélgica); Dazza Greenwood, do MIT Media Lab (EUA); Sharda Balaj, da NovoJuris (Índia), Wade Malone, da Lex Machina (EUA); Luis Vicente Chiara, do Itáu (Brasil); Marcelo Nunes, da Associação Brasileira de Jurimetria (ABJ); Christiano Xavier, da Localiza (Brasil), entre outros.

As inscrições estão abertas, custam R$ 289 e podem ser feitas no site do evento (www.congressodireitotecnologia.com.br). 

Autores de artigos científicos sobre o tema podem submeter seus trabalhos ao congresso para ter isenção do valor da inscrição e ver seus trabalhos publicados no livro dos maiores especialistas do mundo no setor de tecnologia jurídica.


Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com TST.
Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro


Eventos e Cursos


Indique a um amigo
Imprimir notícia 
Últimas Notícias

Outras Notícias Clique Aqui