Mais Notícias

Newton Lins diz que Bivar acertou em filiar Bolsonaro ao PSL

Deputado Jair Messias Bolsonaro Deputado Jair Messias Bolsonaro
Da redação (Justiça em Foco), com Direto de Brasilia/Mário Benisti - quarta, 10 de janeiro de 2018
 

Durante entrevista concedida esta semana ao jornalista Mário Benisti, do portal de notícias Direto de Brasília, Newton Lins, falou sobre a carreira na advocacia e também disse como será a atuação do Partido Social Liberal (PSL), sigla em que é presidente no DF. 

O presidente do PSL aproveitou para comentar a entrada do deputado Jair Messias Bolsonaro à sigla, que aconteceu na semana passada. Bolsonaro é um dos pré-candidatos a concorrer às eleições para a presidência da República em 2018 e já tem essa garantia dada pelo presidente nacional do partido, Luciano Bivar. 

Dentre as imagens ilustrativas, tem uma que o advogado Newton Lins aparece proferindo uma palestra para militares do Exército Brasileiro, demonstrando que o advogado possui vasto conhecimento em políticas públicas, além de produções acadêmicas com a publicação de diversos livros sobre Direito Eleitoral. 

Ao ser perguntado o que achava da filiação de Bolsonaro ao PSL, Newton Lins afirma que a ação feita pelo presidente nacional da sigla, o deputado Luciano Bivar (PSL-PE), está totalmente direcionada as necessidades da sociedade brasileira. “ [A filiação de Bolsonaro] nos mostra que o nosso presidente, está antenado com a sociedade e com o país, pois o PSL é um partido que procura acompanhar os anseios da população brasileira”, disse Newton Lins.

O presidente local do PSL aproveitou para falar um pouco sobre a falta de segurança que atinge a sociedade brasileira. Lins afirmou que segurança é algo crucial para o relacionamento interpessoal na sociedade. “Antes de tudo é preciso dar segurança às pessoas. A preocupação de um pai de família que não relaxa enquanto seu filho ou filha não retornam para casa depois de suas atividades tem que acabar. Queremos que a violência em nossas cidades se torne exceção”, afirmou o presidente da legenda.

Ao falar sobre a situação do PSL do DF na política em 2018, o presidente da sigla ressaltou que o objetivo é manter a tradição de atrair pessoas com as fichas criminais “limpas” perante a justiça. “ Seguiremos avançando com posições claras e sobretudo com a mesma tradição de não permitir a entrada de pessoas comprometidas com ilegalidades. O PSL do DF foi o primeiro partido no país a publicar em jornal de grande circulação um edital informando que a filiação ao partido deve ser sempre precedida da apresentação de certidões criminais negativas. Nunca aceitamos em nossos quadros pessoas maculadas por ilegalidades”, ressaltou. 

Newton Lins pode ser uma das opções do PSL na política em 2018 para cargos eletivos, mas ainda está analisando o cenário político. “[sobre] uma possível candidatura a cargo eletivo, de minha parte, meu nome sempre esteve à disposição do partido. Temos valores fundamentais que é não estar com rabo preso a ninguém ou a qualquer fato desabonador e por isso temos liberdade de ação”, disse.

Ao falar sobre a situação política em Brasília, o líder do PSL torceu para que no final da gestão, este ano, o governo local consiga bater a meta de fazer melhorias para a sociedade brasiliense. E afirmou que em 2018, serão apresentadas propostas para melhoria na qualidade de vida dos brasilienses. “Estaremos sempre dispostos a ajudar em prol de uma Brasília com sustentabilidade econômica e ambiental, que melhore a vida das pessoas”, enfatizou Newton Lins. 

- Clique AQUI para ter acesso à integra da matéria