Poder Judiciário

Justiça Federal faz campanha para ajudar Banco de Leite da Santa Casa do Pará

Da redação (Justiça em Foco), com TRF1. - terça, 10 de julho de 2018
 

A Diretoria do Foro da Justiça Federal do Pará, através do Programa de Gestão em Qualidade de Vida e Trabalho, lançou campanha para ajudar a Santa Casa de Misericórdia do Pará, uma instituição bicentenária, a obter recipientes que, uma vez higienizados e esterilizados, serão destinados ao armazenamento de leite humano para consumo de centenas de bebês que nascem no hospital.

A campanha, intitulada “O frasco que você doa pode salvar vidas”, está arrecadando frascos de vidro com tampa plástica de rosca (do tipo maionese, café solúvel, etc.), que podem ser deixados, por magistrados, servidores, terceirizados e jurisdicionados, em local de fácil acesso – uma mesa em frente à Seção de Vigilância e Transporte (Sevit), no térreo do edifício-sede da Seccional.

Criado em 1987, o Banco de Leite Humano da Santa Casa do Pará é um dos maiores do país, segundo informa o hospital, e tem se notabilizado por iniciativas permanentes que incentivam o aleitamento materno, bem como a coleta, processamento, controle de qualidade e distribuição do excedente de leite humano das doadoras, incluindo mães de recém-nascidos que não podem mamar.

No ano de 2013, de acordo com relatório da instituição, o Banco de Leite foi o responsável pela coleta e distribuição de leite para cerca de 900 bebês internados na Santa Casa de Misericórdia. Os recém-nascidos prematuros são a maioria do público beneficiado.

Em 2002, o Banco de Leite foi homenageado pela Rede Nacional de Bancos de Leite Humano como reconhecimento pelos relevantes serviços prestados em favor da saúde da mulher e da criança no Brasil. No ano seguinte, ganhou o reconhecimento do Ministério da Saúde. Em 2012, teve sua atuação ressaltada por ter contribuído para a manutenção da qualidade da informação registrada no Sistema de Informação da Rede Brasileira de Banco de Leite Humano, no período de 2008 a 2011.