21 de julho de 2024

Nelson Wilians Advogados participa da Brazil Week 2024 em Nova York

Nelson Wilians, Fernando Cavalcanti e Anne Wilians 

Nelson Wilians, CEO da Nelson Wilians Advogados; Fernando Cavalcanti, vice-presidente do escritório; e Anne Wilians, sócia da NWADV e presidente do Instituto Nelson Wilians, participam da Brazil Week 2024, semana destinada à discussão de temas relacionados ao futuro econômico e sustentável do país, que acontece em Nova York, nos Estados Unidos. Durante o evento, os executivos participam de reuniões significativas e fóruns com empresários e líderes influentes.

“O Brazil Week é janela para as tendências que moldarão nosso futuro econômico e ambiental. Nestes encontros, conversamos bastante sobre a economia brasileira, as oportunidades de investimento e a necessidade urgente de inovação em diversas áreas. A digitalização empresarial foi um tema recorrente e está claro que todas as empresas precisarão adotar tecnologias avançadas para se manterem competitivas. Além disso, a inovação em saúde e a transição para práticas sustentáveis foram identificadas como forças importantes para o futuro.

Investimentos estão sendo direcionados para estes fins, mostrando um compromisso crescente com um desenvolvimento que respeita os limites do nosso planeta. Não posso deixar de mencionar a importância dos mercados emergentes, que continuam a apresentar um potencial de crescimento exponencial”, pontua Fernando Cavalcanti.

Na visão do CEO do escritório, a semana é um momento importante para discutir as tendências e desafios que definirão nosso futuro econômico e sustentável.  “A Brazil Week prova ser mais do que uma série de encontros, mas um catalisador para mobilizar líderes empresariais brasileiros e internacionais em prol de um objetivo comum: o crescimento sustentável e inovador. Estou convencido de que, juntos, podemos moldar um futuro promissor, enfrentando os desafios com coragem e transformando nossas discussões em ações efetivas”, diz Wilians.

Já Anne Wilians, destaca o quanto o Brasil está na vanguarda de uma era de transformação. “Em tecnologia, o Brasil avança a passos largos, adaptando soluções globais para atender às nuances locais, enquanto em saúde, nossos laboratórios de pesquisa estão na linha de frente do combate a doenças com soluções inovadoras que prometem mudar vidas não apenas localmente, mas globalmente”, menciona Anne.

Entre os assuntos discutidos, a sócia da NWADV e presidente do Instituto Nelson Wilians destaca que a sustentabilidade é a agenda mais crítica do país. Pois, diante dos desafios impostos por desastres climáticos, que são uma realidade cada vez mais presente, reforça a necessidade premente de atuação. “O tema está presente em todos os eventos da semana, ressaltando que a sustentabilidade não é mais uma opção, mas uma urgência. A culminância de nossos esforços e discussões se deu na reunião do Pacto Global da ONU, onde reafirmamos nossos compromissos e exploramos novas parcerias para acelerar o progresso em direção a esses objetivos ambiciosos. O futuro é desafiador, mas juntos podemos moldá-lo para melhor”, finaliza.

Sobre a Nelson Wilians Advogados

Com 25 anos de atuação no mercado, a Nelson Wilians Advogados (NWADV) está hoje em todas as capitais brasileiras e cidades estratégicas do interior do país, totalizando 29 escritórios, e conta também com representação em países da América Latina, América do Norte e Europa. Essa característica possibilita proporcionar aos clientes uma atuação jurídica ágil, moderna e eficaz nas mais variadas áreas do Direito, como direito empresarial, direito trabalhista, tributário, societário, penal estratégico, imobiliário, do agronegócio e com ações relacionadas à LGPD, entre outros. A NWADV conta hoje com aproximadamente 1.100 advogados contratados e cerca de 657 mil processos ativos sob sua responsabilidade.

Foto: Eusébio Mendonça

Ronaldo Nóbrega, colunista do "Poder em Foco", experiência de mais de 25 anos como jornalista e memorialista. Em sua trajetória profissional, atuou como consultor no TSE por 12 anos, representando um partido político. Entre suas contribuições, destaca-se a Consulta 1.185/2005, que questionou a aplicabilidade da Regra da Verticalização. Esse questionamento iniciou um intenso debate entre o Judiciário e o Congresso Nacional, culminando na Emenda Constitucional nº 52/2006. A emenda proporcionou maior autonomia aos partidos políticos ao eliminar a obrigatoriedade de vinculação entre as candidaturas. Sua influência nesse debate é reconhecida e mencionada na 27ª edição da obra "Direito Constitucional Esquematizado", escrita por Pedro Lenza e publicada pela Editora Saraiva em 2023.