Poder Legislativo

PGR estuda compartilhamento de provas relativas aos possíveis desvios na Secretaria de Saúde do RJ

Da Redação com informações da PGR. - segunda, 13 de julho de 2020
 

- Medida será tomada em investigação que envolve o ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro.-
A Procuradoria-Geral da República (PGR) e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP/RJ) informam que estão em tratativas para o compartilhamento de provas relativas aos possíveis desvios ocorridos na Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, evitando prejuízo às respectivas investigações, respeitando as atribuições de cada ente.

O ex-secretário de Saúde do Rio Edmar Santos foi preso na semana passada em decorrência de investigação promovida pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo do pedido da PGR é preservar a competência do STJ para atuar no caso. O procedimento tramita em sigilo.

CLIQUE AQUI PARA LER - NOTÍCIA ANTERIOR: Ministério Público do Rio de Janeiro apreende R$ 8,5 milhões em ação contra fraudes na saúde