Eventos e Cursos

Avanços tecnológicos no Direito rompe barreiras com movimento global

Ibmec SP - terça, 27 de outubro de 2020
 

A inovação jurídica é o caminho certo para que profissionais da área se desenvolvam de maneira ampla, até para se adaptarem a um mercado de trabalho extremamente competitivo

São Paulo, outubro de 2020 - Muitos softwares, aplicativos e outras ferramentas digitais vem revolucionando o dia a dia das empresas, e a área de Direito cada vez mais é impactada por essas mudanças. Por isso, é fundamental estar atento às novas tecnologias para resolver demandas dos clientes e ter agilidade para atuar com eficiência, otimizando recursos e minimizando tarefas frequentes que são correspondentes à rotina do advogado. Adaptar-se a uma nova realidade, até pelos ensinamentos do home office que a pandemia nos trouxe como pelas inovações do cenário contemporâneo, acaba sendo algo muito desafiador para uma das profissões mais tradicionais do mundo.

Apesar dos grandes desafios, em 2020 muitas inovações tecnológicas têm sido colocadas mais em prática no meio jurídico, entre elas, estão a inteligência artificial (AI), com softwares que ajudam na automação de documentos e em tarefas repetitivas para facilitar decisões mais estratégicas ou complexas; o Big Data que auxilia no processo de análise das informações colaborando com insights;  assim como as lawtechs e legaltechs, que são, em sua maioria, startups ou serviços para otimizarem a gestão jurídica.

Estudo da Zion Market Research* apontou que o investimento em inteligência artificial no Direito foi de US$ 3,2 bilhões em 2018, e deve chegar a US$ 37,8 bilhões em 2026. A revolução digital na gestão dos escritórios e departamentos jurídicos já é um movimento global. No Brasil, a Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L) mapeou, no ano passado, 422 startups de tecnologia na área jurídica em atividade no país. Em 2017, eram apenas 20.

Nesse contexto, as principais instituições educacionais de Direito também têm um papel de destaque nessa transformação, sendo de sua responsabilidade o aprendizado mais prático e amplo na área jurídica dos seus estudantes, para o desenvolvimento de competências que favoreçam uma atuação mais diversificada desse jovem profissional.

Para aperfeiçoar os serviços jurídicos e ter soluções mais assertivas, além de estar atendo às novas tecnologias, é preciso também que esses jovens profissionais tenham formação integral, além da ciência jurídica, estejam preparados para um mercado de trabalho muito competitivo, em que ter senso de adaptabilidade e competências socioemocionais são também grandes diferenciais.

De acordo com o Prof. Alan Vendrame, coordenador da graduação em Direito do Ibmec São Paulo, além da qualidade acadêmica que é de excelência, a instituição promove o ensino teórico e prático desde o primeiro período. “Ao longo dos cinco anos, o aluno participa de projetos integradores que visam ampliar o conhecimento adquirido em sala de aula, proporcionando a interdisciplinaridade, facilitando a compreensão da linguagem jurídica, de habilidades em negócios e na área digital aplicadas ao Direito”, explica ele.

Outro fator importante é preparar o jovem para os desafios da carreira. “O aluno tem, por exemplo, a possibilidade de assistir audiências para já ao longo do curso se preparar emocionalmente, do mesmo modo, estimulamos sua capacidade empreendedora para ter visão estratégica de gestão. Ele aprende também técnicas que facilitam sua comunicação com o cliente, simplificam a linguagem, mas sem deixar de lado o potencial de resolver problemas jurídicos de alta complexidade”, esclarece Vendrame.

Umas das dificuldades de muitos jovens é a de conseguir um estágio ou até mesmo decidir qual caminho seguir: o privado ou público. Para isso, o Ibmec possui uma área especializada para orientação de carreiras. Conforme o advogado João Paulo Martinelli, professor da disciplina de Direito Processual Penal no Ibmec São Paulo, a estrutura de trabalho da instituição permite aos professores desenvolverem atividades variadas com os alunos, que vão além da mera aula expositiva.

“O mercado jurídico é muito concorrido, a criatividade faz a diferença na aplicação da teoria à prática forense. O corpo docente da instituição é formado por professores acadêmicos e atuantes nas carreiras jurídicas, o que prepara o aluno para compreender as nuances que, muitas vezes, não estão nos livros. Também há um forte viés de empreendedorismo, com o auxílio de professores de outras carreiras, para dar uma visão ampliada de mercado e crescimento profissional. A estrutura está voltada ao fortalecimento do networking e da bagagem técnica”, enfatiza Martinelli.

Para o aluno do 4º semestre de Direito do Ibmec São Paulo, Matheus Matsuno, o incentivo a interação com outros estudantes e o suporte de direcionamento que a instituição fornece é muito importante para se sentir preparado. “Costumo dizer que no Ibmec basta você ter ética, iniciativa e dedicação para alcançar o que quer, porque é a verdade. A faculdade acredita em cada um de nós. Isso somado à infraestrutura incrível e uma equipe sensacional que resulta em um ambiente repleto de oportunidades. Estar em uma instituição extremamente renomada com uma graduação de alto nível realmente incentiva seus alunos a inovarem e se tornarem protagonistas”, explica o estudante.

https://www.zionmarketresearch.com/report/legaltech-artificial-intelligence-market

Serviço:

Vestibular em Direto do Ibmec SP

Inscrição: até o dia 30/10

Início das aulas: 22/02/2021

Mais informações, acesse o site