Poder Legislativo

Falta de sessões presenciais contribui para precarização da atuação do Senado, diz Lasier

Da redação com informações da Ag. Senado. - quinta, 19 de novembro de 2020
 

Em pronunciamento nesta quarta-feira (18/11/2020), o senador Lasier Martins (Podemos-RS) disse discordar da falta de sessões presenciais, e criticou a continuidade dessa modalidade de atuação remota adotada pelo Senado Federal desde o início da pandemia de covid-19. Ele pediu ao presidente Davi Alcolumbre que retome as sessões presenciais da Casa.

Lasier ressaltou, ainda, que a falta dessas sessões tem contribuído para a precarização da atuação do Senado enquanto instituição, além de prejudicar o trabalho de seus membros — os senadores — que ficam privados dos debates, de apartes, além de terem curtos espaços para pronunciamentos quando se inscrevem para discursar. 

— Por isso, quero pedir ao senhor presidente da Casa que, logo após as eleições municipais, tenhamos pelo menos uma semana de sessões presenciais. Temos várias matérias para debater, só possíveis com a presença dos senadores. Cumpriremos, assim, mesmo que parcialmente e de maneira muito exígua, alguma atuação, dedicada a um mínimo de debate, com exposição de alguns temas e com a apresentação de algumas questões — disse o senador.