Geral

Fundação do Câncer celebra 30 anos

[email protected] | Fundação do Câncer. - quarta, 18 de agosto de 2021
 

No ano em que completa 30 anos, a Fundação do Câncer lança o prêmio Marcos Moraes. A iniciativa é uma ação de fomento à Ciência e à Saúde, além de uma homenagem ao seu fundador, o médico Marcos Moraes, que também foi ex-diretor do Instituto Nacional de Câncer (INCA). Inicialmente denominada Fundação Ary Frauzino para Pesquisa e Controle do Câncer, a Fundação sempre teve como objetivo apoiar as ações e projetos do INCA. Ao longo do tempo, a organização se expandiu, captando e investindo recursos em pesquisa, prevenção, diagnóstico precoce, educação, além de programas e projetos relacionados ao transplante de medula óssea, e tornou-se uma referência em consultoria para estados e municípios visando a melhoria no suporte à gestão com os seus planos regionais de atenção oncológica. Mesmo com as novas atividades, a Fundação do Câncer continua mantendo apoio ao INCA e todas as atividades do Programa Nacional de Controle do Câncer.

Nesses 30 anos, a Fundação estabeleceu parcerias nacionais e internacionais importantes como a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o seu Programa de Oncobiologia, o Instituto Desiderata, a ACT Promoção da Saúde, a Associação Médica Brasileira (AMB) e a União Internacional para Controle do Câncer (UICC), entre outros. Agora, junto com o Instituto Oncoclínicas, instituiu o prêmio, com o intuito de valorizar e incentivar profissionais e pesquisadores.

Foco do trabalho da Fundação, o câncer é um problema de saúde pública no Brasil e no mundo. A estimativa do INCA/Ministério da Saúde é de que 625 mil novos casos da doença sejam registrados este ano. Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que no ano de 2030, em todo o mundo, 27 milhões de novos casos e 17 milhões de mortes ocorram.

O Prêmio Marcos Moraes é destinado a pessoas ou instituições científicas, hospitalares ou do Terceiro Setor que desenvolvam ações de prevenção do câncer, promoção da saúde ou para a melhoria da experiência do paciente e do cuidado integral em Oncologia. Em breve, serão divulgadas as regras para concorrer ao Prêmio, que será entregue no mês de outubro, no congresso nacional de câncer do Grupo Oncoclínicas, apoiador do projeto.

De acordo com o diretor executivo da Fundação do Câncer, Luiz Augusto Maltoni, “completar 30 anos é um marco para qualquer instituição, especialmente, para as sem fins lucrativos como a nossa. Temos consciência do muito que realizamos, e, também, pleno compromisso com o tanto que ainda precisamos fazer para seguir transformando a realidade do controle do câncer no nosso país”.