OAB & CIA

OAB-DF: Disputa das eleições ficará entre Délio Lins e Guilherme Campelo

Por Ana Menezes | - quarta, 15 de setembro de 2021
 

A campanha pela reeleição de Délio Lins, atual presidente da OAB-DF, teve seu lançamento oficial na primeira semana de setembro.

O comunicado da pré-candidatura aconteceu no Espaço Vibrar, ao lado do Ginásio Nilson Nelson, na oportunidade em que se deu o lançamento do movimento ‘OAB no Rumo Certo’.

Em conversa com aliados, Délio Lins manifestou sua intenção de ser reconduzido ao cargo de Presidente da seccional brasiliense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF).

Delio Lins e Silva Júnior reconheceu que seu principal adversário é o jovem advogado Guilherme Campelo que traz ideias inovadoras para a gestão da OAB-DF. Campelo é um crítico ferrenho da administração feita por Délio Lins, especialmente por sua postura ‘negligente’ durante a fase mais crítica da pandemia.

Segundo Campelo, “muitos advogados tiveram que encerrar atividades em escritórios, passaram por dificuldades financeiras em razão da menor demanda de trabalho e todos tivemos que nos adaptar à realidade virtual de todo o judiciário. Muito deveria ter sido feito pela atual gestão: ser flexível com a anuidade, rede de networking, auxílio de custo para internet e aparelhos eletrônicos, cursos para destacar os profissionais no mercado de trabalho... Aconteceu, de fato, uma negligência”.

Para além das críticas, Campelo traz soluções como a redução da anuidade, o aprimoramento técnico dos advogados, o incentivo à cultura e o suporte aos colegas de profissão. Dentre suas principais propostas, cortar em 50% a anuidade da OAB-DF para todos os profissionais é inegociável.

Além disso, Campelo pretende retomar cursos de especialização oferecidos pela Escola Superior de Advocacia (ESA); resgatar o Concurso Maurício Corrêa e oferecer creches para as advogadas de Taguatinga, Gama e Sobradinho.

Délio Lins ainda não tem uma plataforma de inovações definida, mas conta com a vantagem de já ocupar o posto e possuir a ‘máquina’ a seu favor. Fato é que a disputa deve girar em torno desses dois nomes, principalmente após a franca ascensão de Campelo nos últimos meses. Inclusive, em algumas pesquisas, Guilherme Campelo já aparece como franco favorito a assumir o comando da OAB-DF.