EXPRESSO

Palmas sedia o 2° Congresso Brasileiro de Inovação Empresarial e Gestão Inteligente

redacao@justicaemfoco.com.br / - 02/02/2024
 

Evento destaca a importância do autoconhecimento e das conexões estratégicas nos negócios

Palmas, Tocantins – Palmas, a capital tocantinense, se prepara para sediar o prestigiado 2° Congresso Brasileiro de Inovação Empresarial e Gestão Inteligente (CBIEGI), um evento bienal que se consolidou como um marco no cenário de inovação empresarial e gestão inteligente no Brasil. Agendado para os dias 01 e 02 de abril de 2024, o congresso promete reunir líderes de negócios, empreendedores e acadêmicos para debater sobre os desafios e as oportunidades no mundo empresarial atual.

Jéssica Farias, advogada e administradora judicial, idealizadora do CBIEGI, em colaboração com o Dr. Leonardo Araújo Marques, explica que o objetivo do evento é criar um fórum onde ideias inovadoras possam ser compartilhadas e onde os participantes possam se conectar, aprender e crescer juntos. "O CBIEGI é mais do que um evento; é uma incubadora de estratégias sustentáveis e práticas de gestão avançadas que podem transformar o panorama empresarial do Brasil", destaca.

O 2° CBIEGI destacará temas como a importância do autoconhecimento na reestruturação das empresas e como as conexões estratégicas podem gerar oportunidades de negócios. Além disso, o evento promete uma abordagem inovadora, sendo realizado no formato de "talk show" e com transmissão ao vivo pelo YouTube, permitindo uma ampla participação.

"Estamos entusiasmados com a segunda edição do CBIEGI. Este evento representa uma oportunidade única para os participantes explorarem novas ideias, se inspirarem e colaborarem para um futuro mais próspero e sustentável", acrescentou a Dra. Jéssica Farias.

Com uma agenda repleta de palestras inspiradoras, workshops interativos e oportunidades de networking, o CBIEGI promete ser um evento imperdível para todos aqueles interessados em inovação e gestão inteligente.

A advogada Tereza Gavinho, especializada na área empresarial, participa como uma das coorganizadoras do Congresso Brasileiro de Inovação Empresarial e Gestão Inteligente. Tereza Gavinho é autora da tese reconhecida pelo STJ, de que as empresas subsidiárias criadas pela Assembleia Geral de Credores no curso da recuperação judicial homologada pelo juízo falimentar, com o restrito objetivo de movimentar o capital de giro da recuperanda, não poderá sofrer constrição patrimonial por dívidas advindas da holding (recuperanda) sob pena de inviabilizar o seu soerguimento e o cumprimento do plano aprovado.

Sobre o CBIEGI:

O Congresso Brasileiro de Inovação Empresarial e Gestão Inteligente é um evento bienal que se concentra em apresentar e discutir inovações e estratégias de gestão que podem ajudar as empresas a prosperar em um mercado em constante evolução.