Poder Legislativo

Humberto Costa critica hospedagem de Bolsonaro na Embaixada da Hungria

Com informações da Ag. Senado. - 27/03/2024
 

O senador Humberto Costa (PT-PE) criticou, em pronunciamento no Plenário na terça-feira (26), a postura do ex-presidente Jair Bolsonaro ao procurar abrigo na Embaixada da Hungria após ter seu passaporte retido pela Polícia Federal (PF).

Humberto se referiu aos vídeos divulgados na segunda-feira (25) pelo jornal norte-americano The New York Times, que mostram Bolsonaro hospedado na representação diplomática durante o Carnaval deste ano. A data coincide com a operação da PF. O parlamentar sugeriu que a estadia do ex-presidente na embaixada seria uma estratégia para não ser preso.

— É mais um lamentável e deprimente episódio protagonizado por ele, o que demonstra a sua limitada estatura política [...]. É um claro indicativo de que procurava imunidade em uma área protegida por convenções internacionais, por receio de eventual decretação de prisão preventiva. Atacou instituições, ameaçou autoridades, articulou golpe de Estado e, delatado por seus assessores mais graduados, teme agora acertar contas com a Justiça. Quer fugir das evidentes responsabilidades pelos crimes que cometeu — comentou.

Humberto também criticou as explicações apresentadas por Bolsonaro sobre os dois dias de hospedagem na embaixada, que seriam "para manter contatos com autoridades do país amigo". Segundo o parlamentar, a resposta "foi um deboche".

— Mostram o ridículo da situação, um deboche. É mais um lamentável e deprimente episódio protagonizado por ele, o que demonstra a sua limitada estatura política. Uma evidente manobra para impedir que o Poder Judiciário cumpra eventuais medidas decorrentes do avanço de investigações empreendidas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, que o apontam como mandante e responsável por vários crimes — enfatizou.