Poder Legislativo

CLDF concede título de Cidadão Honorário de Brasília ao ex-presidente Michel Temer

Com informações da Agência CLDF./Foto:©Valter Campanato. - 02/04/2024
 

- Solenidade de entrega da honraria ao ex-presidente será no auditório da Casa e terá transmissão pela TV Câmara Distrital.-
Nesta quarta-feira (3), às 19h, a Câmara Legislativa do Distrito Federal concede o título de Cidadão Honorário de Brasília ao ex-presidente da República, Michel Temer, ao secretário da Casa Civil do DF, Gustavo Rocha, e ao conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Engels Muniz. A sessão solene, no auditório, será transmitida ao vivo pela TV Distrital (canal 9.3) e YouTube.

Os autores das homenagens, os deputados Hermeto (MDB) e Iolando (MDB), destacam a extensa trajetória política do correligionário Temer. Natural de Tietê (SP), Michel Temer foi procurador-geral de São Paulo, estado onde comandou a Secretaria de Segurança Pública. Na esfera nacional, exerceu mandatos como deputado federal até a vitória nas eleições de 2010 e 2014 como vice-presidente da República, ao lado de Dilma Rousseff.

Após o impeachment de Dilma, ocupou a presidência de 31 de agosto de 2016 a 1 de janeiro de 2019. Sobre este período, o deputado Iolando avalia que “Temer assumiu as atribuições presidenciais, estabelecendo como prioridade o combate à crise econômica, além da condução da política externa brasileira em período de grandes desafios internos e internacionais”.

Experiência

Por sua vez, o deputado Hermeto salientou as trajetórias de Gustavo Rocha e Engels Muniz. À frente da Casa Civil do DF, o advogado Gustavo Rocha foi ministro do Ministério dos Direitos Humanos, titular da Secretaria de Justiça e Cidadania do DF e da Secretaria Extraordinária da Pessoa com Deficiência do DF. Especialista em Direito Econômico pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Rocha é mestre em Políticas Públicas pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB).  

O também advogado Engels Muniz foi chefe de gabinete da Subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República, secretário executivo e ministro interino do Ministério dos Direitos Humanos. Desde 2021, é conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Segundo Hermeto, além da advocacia, os exercícios em cargos públicos proporcionaram a Rocha e a Muniz a experiência necessária para executarem as atividades com excelência e “relevantes serviços prestados” à população.  

Foram convidados para a solenidade desta quarta-feira (3), que será mediada pelo presidente da CLDF, deputado Wellington Luiz (MDB), chefes de poderes, secretários e ministros, entre outras autoridades locais e nacionais.